Home / Conteúdo / Rafael Simões é eleito prefeito de Pouso Alegre com 69,6% dos votos

Rafael Simões é eleito prefeito de Pouso Alegre com 69,6% dos votos

[ad_1]

Com 97,06% das urnas apuradas, ele já tinha quase 70% dos votos.
Em segundo lugar ficou Alexandre Magno (PMDB), segundo TSE.

Com 97,06% das urnas apuradas, Rafael Simões (PSDB) foi eleito prefeito de Pouso Alegre (MG) neste domingo (2). Ele obteve 69,6% dos votos válidos, o que equivale a 48.621 votos. Alexandre Magno (PMDB) ficou em segundo com 7.466 votos, o equivalente 10,69% dos votos válidos.

Rafael Tadeu Simões tem 52 anos, é advogado e professor. Ele foi diretor da Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM) por oito anos e presidente da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (Fuvs) por três anos. Ainda foi conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais (OAB-MG) por dois mandatos. O candidato deixou todas as funções no início de 2016.

Rafael Simões obteve aprovação de quase 70% dos eleitores (Foto: Julian Andrew)Rafael Simões obteve aprovação de quase 70% dos eleitores (Foto: Julian Andrew)

Durante a campanha, Rafael Simões enfrentou diversas reviravoltas. Indicado pela executiva estadual do partido, ele só teve a candidatura confirmada apenas uma semana antes da eleição, no dia 26 de setembro, após entrar com recurso em segunda instância, junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), e conseguir derrubar ações movida pelo diretório municipal do PSDB, que escolheu outro candidato.

Mais cedo, quando votou no Colégio São José, Rafael Simões falou das expectativas para o fim da eleição. “Foi uma campanha atípica. Sofremos por demais. Uma hora eu era candidato, outra hora não. A perspectiva agora é de ter uma boa votação. Estamos confiantes na vitória porque acho que a minha candidatura é a candidatura do povo e vamos aguardar até o fechamento das urnas”, disse na ocasião.

O vice-prefeito é o médico Paulo Valdir Ferreira, de 45 anos, atualmente vereador e filiado ao PR.

[ad_2]
Source link




Check Also

A sentença que condenou Lula: leia a íntegra

A sentença que condenou Lula: leia a íntegra

Direito de resposta ao Barros Tetelestai!

Compartilhe esse conteúdo - Click aqui e cadastre-se GRÁTIS e receba notícias, informações e promoções …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.